Por que não se deve negar as emoções?

Por que não se deve negar as emoções?

No artigo anterior sobre as emoções vimos que são as emoções que movem nossas ações, elas não são boas ou más, tudo depende se está adequada ou não ao contexto. É simplesmente impossível viver sem emoções, mas algumas vezes, acontece a negação de uma emoção por provocar um desconforto, uma sensação de vergonha, de inadequação.

É legítimo sentir raiva quando se têm um direito violado, sentir tristeza diante de uma perda e medo diante de uma ameaça. Acontece as pessoas geralmente ficam constrangidas por expressar raiva ou medo, ninguém quer ser visto como uma criança imatura e sem controle e quando expressam uma emoção muito intensa a tendência será negá-la para não se expor. Daí, procura-se fazer de tudo para se “livrar” daquelas emoções que provocam uma sensação de vazio, tristeza, desesperança e falta de valor pessoal, mesmo pagando um preço muito alto.

Ao negar as emoções primárias acontece uma confusão interna e a pessoa pode passar a sentir medo de sentir raiva, vergonha de ter medo ou raiva por estar triste.

Quando não se sente à vontade para expressar suas emoções, você não está vivenciando a emoção real e sim, a sua consequência.

Há muitas formas de inadequadas de evitar as emoções:

> Chorar em lugar de demonstrar a raiva.

> Ser agressivo para esconder o medo.

> Ser sarcástico para esconder a ansiedade.

> Ser agressivo para esconder a insegurança.

Quando se tenta negar uma emoção, ela fica disfarçada em outra, tornando-se secundária e fica muito difícil perceber a emoção real que está por trás. Essas emoções secundárias aparecem sempre que ocorrem tentativas de controle ou julgamento das emoções primárias como se fosse errado senti-las. Quanto mais se nega as emoções pior será a sensação de desconforto.

Então, não tenha medo de sentir raiva, nem vergonha de estar com medo, nem constrangimento por estar triste. Aceitar e expressar as emoções com autenticidade é um sinal de que você pode muito bem lidar com elas.

“As emoções precisam ser aceitas e validadas. ”

Para ilustrar sugiro um vídeo didático que selecionei do canal do youtube – Emoções em Pauta.

 

Este texto foi escrito por:
Elisete Costa de Melo
Psicóloga
Cognitivo Comportamental e Terapeuta Familiar
CRP 06/62351

As vezes não conseguimos entender que nossos medos vem lá de trás . Quando por algum motivo nos machucaram com palavras e atitudes agressivas.
Entendendo que aos poucos e compreendendo o porque dos sentimentos , tudo fica mais claro e fácil.
Assim vamos nos conhecendo.
Adorei o vídeo .
Também gostaria de receber mais vídeos.

Obrigada.

4 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *